Kantar Worldpanel - www.kantarworldpanel.com

Ano Novo impulsiona crescimento do Android na China

08/04/2016

Os mais recentes dados do levantamento ComTech sobre smartphones da Kantar Worldpanel, que analisa os três últimos meses terminados em fevereiro, mostram que o sistema Android aumentou suas vendas na China urbana para 76,4%. No mesmo período do ano anterior, o índice estava na casa dos 73%. Nos Estados Unidos e nos cinco grandes mercados europeus – Grã Bretanha, Alemanha, França, Itália e Espanha -, o Android segue crescendo ano a ano.

“O Android apresentou um sólido crescimento na China urbana durante os três meses terminados em fevereiro de 2016 devido às fortes vendas no período do Ano Novo Chinês (comemorado em 8 de fevereiro). Essa sempre é uma importante temporada promocional, e as marcas Android foram capazes de tirar proveito”, afirma Lauren Guenveur, analista de mobile da Kantar Worldpanel ComTech. “Ambas as emergentes marcas locais Meizu e Oppo registram um crescimento ano a ano forte, cada uma capturando cerca de 6% na venda de smartphone.”

“Pela primeira vez desde agosto de 2014, o iOS não cresceu na China urbana nos três meses terminados em fevereiro”, completa Tamsin Timpson, diretor de strategic insight da Kantar Worldpanel ComTech Asia. “O iOS teve um declínio de 3.2 pontos percentuais entre fevereiro de 2015 e fevereiro deste ano. Huawei foi capaz de recuperar o primeiro lugar no quadro de marcas líderes de smartphone, capturando 24,4% dos smartphones vendidos na China urbana, na frente dos aparelhos da Apple, que alcançaram 22,2%.”

“Enquanto a participação do Android cresceu de forma constante nos cinco grandes mercados europeus, o desempenho varia consideravelmente por mercado, sublinhando o impacto que a Huawei e fornecedores locais estão fazendo em alguns mercados”, observa Dominic Sunnebo, diretor da unidade de negócios da Kantar Worldpanel ComTech Europa. “Na Grã-Bretanha, 42% do mercado de smartphones se enquadra na categoria premium, e os dispositivos premium da Huawei oferecem valores muito bons, ainda que não tenham caído nas graças dos consumidores da Grã-Bretanha. O Android contará com a nova flagship de dispositivos da Samsung para desafiar o domínio da Apple.”

“Nos Estados Unidos, o gasto médio na compra de smartphone nos últimos três meses terminados em fevereiro foi de US$ 352. Para os consumidores de Android isso significa que cerca de 69% deles relataram gastar menos do que US$ 350, enquanto aqueles que adquiriram iOS ficaram em 39%. Isso representa uma oportunidade única para o recém-lançado iPhone SE, que, a um preço de US$ 399, provavelmente vai atrair pela primeira vez compradores mais conscientes com os custos que poderiam estar mais inclinados a escolher um modelo Android e atrair a considerável base de proprietários de iPhone que ainda não fizeram um upgrade”, analisa Lauren Guenveur.

“Com o iPhone SE começando a ser vendido semana passada, vamos monitorar de perto a aceitação inicial e assimilação desta edição de US$ 399 para a oferta iOS, diz Guenveur. “Há também números significativos de potenciais compradores, especialmente na China, que podem não ser capazes de arcar com os elevados preços de uma flagship do iPhone mas podem achar que o iPhone SE permite-lhes dar o primeiro passo no ecossistema da Apple”, finaliza.

Para ver uma versão HTML e um arquivo em PDF opcional com os dados, clique aqui.

Ano Novo impulsiona crescimento do Android na China
Social
Newsletter
Twitter
LinkedIn

O nosso site utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário.
Para continuar a utilizar este site, você concorda com a nossa utilização de cookies. [Cookies]