Kantar Worldpanel - www.kantarworldpanel.com

Categoria de iogurtes diminuiu alcance

09/03/2016

Depois de conquistar seu espaço no carrinho de compras do brasileiro, o iogurte está sendo deixado de lado pela população. Nos últimos três meses de 2015, período de agravamento das instabilidades econômicas e políticas no país, 70% dos lares que compraram Grego no trimestre anterior abandonaram a categoria (o que representa -8,22 pp de penetração e – 4.257.843) - e 5,4% de volume em comparação com o trimestre anterior. Mesmo com a racionalização, o gasto se manteve crescente, com 3,1% de alta. Os dados são do estudo Consumer Insights 2015, elaborado pela Kantar Worldpanel.

O levantamento aponta que um dos segmentos mais afetados pela crise foi o grego, que atingiu sua maior faixa de preço desde o seu lançamento no período analisado. Nada menos do que 70% de seus consumidores deixaram de levá-lo para casa - 4.257.843 domicílios (embora a categoria perca domicílios, ela também conquista e é o balanço desses dois perfis que somam -920.545, o que quer dizer que, entre perdas e ganhos, no Q4 15, a categoria tem menos 920.545 lares do que no Q3 15). Além do valor, as férias também contribuíram para a fuga de lares e redução da intensidade de compra.

O segmento de iogurtes líquidos foi o único a apresentar desempenho positivo, graças ao seu menor preço médio. No último trimestre do ano passado, 41.530 lares passaram a consumir o produto. A frequencia de procura pelo iogurte líquido também aumentou, com 3,8% de alta.

O Consumer Insights revela ainda que na comparação dos últimos três meses de 2015 com o trimestre anterior o segmento conseguiu se beneficiar da performance de embalagens de tamanhos diferentes. Enquanto o iogurte do tipo light obteve bom desempenho em versões maiores, o de polpa com camada, natural, grego e funcional se saíram melhor nas opções com menos quantidade.

Categoria de iogurtes diminuiu alcance
Social
Newsletter
Twitter
LinkedIn

O nosso site utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário.
Para continuar a utilizar este site, você concorda com a nossa utilização de cookies. [Cookies]