Kantar Worldpanel - www.kantarworldpanel.com

SINAIS DE CRESCIMENTO NO INÍCIO DE 2016

18/04/2016

As primeiras 8 semanas de 2016 deram-nos um sinal positivo, com um crescimento de 2% no volume FMCG comprado pelos lares portugueses. Um dos setores que mais contribui para este crescimento foi a área de DPH. Destacam-se os produtos de Drogaria, com um crescimento de 9%, em volume, face a idêntico período do ano passado. Mas os produtos Alimentares também crescem, embora de forma mais modesta, com uma variação inferior a 1%. Particularmente os produtos Frescos Perecíveis, estão a crescer a bom ritmo, com +7% para os Legumes e Verduras, 10,5% para o Peixe e Marisco ou ainda mais 6% para a Carne Fresca. Nos Lácteos apenas o linear dos Iogurtes cresce, invertendo a tendência do ano passado e passando a crescer +9,5%, ao contrário da categoria Leite que continua, uma vez mais, em queda.


Frescos impulsionam o Canal Tradicional e o Online.
O canal Online cresce 30% em volume nos primeiros dois meses de 2016, impulsionado sobretudo por um incremento no número de compradores e por um aumento da frequência de compra neste canal.
Este início de 2016 dá também bons sinais ao Canal Tradicional, pois o volume comprado cresceu, neste canal, a dois dígitos, face ao período homólogo do ano passado. Praticamente todos os tipos de formato, dentro do Tradicional, estão a crescer, incluindo as Feiras, os Talhos e as Peixarias, formatos especializados em produtos frescos perecíveis, categorias que estão com maior procura neste início de ano, como já vimos.

SINAIS DE CRESCIMENTO NO INÍCIO DE 2016

Entre em contacto

Paulo Caldeira

Ligue-se @ nós
Newsletter
Twitter
LinkedIn

Our website uses cookies to improve the user experience.
By continuing to use this site you agree to our use of cookies. [Cookies policy]