Kantar Worldpanel - www.kantarworldpanel.com

Longe das Lojas...Longe das Vendas

11/11/2014

LONGE DAS LOJAS...LONGE DAS VENDAS
Menos -4,4% de tráfego nas lojas leva a menos vendas no FMCG.

Os Portugueses continuam com um controlo apertado sobre as suas compras em FMCG e particularmente este ano reduzem a sua frequência de compra, em -4,4%, até Outubro de 2014, face ao período homólogo. Esta menor presença nas lojas não está a ser compensada por um aumento do volume comprado em cada ato de compra, que apenas cresce 1%.
Ou seja, os Portugueses continuam a reduzir o volume comprado, que cai agora -2,8%, em termos globais, num processo forçado ou voluntário de otimização das compras no Grande Consumo. Este processo de redução feito pelos Lares, verifica-se desde 2010, de forma lenta, mas constante, ao longo destes últimos quatro anos.
Estes dados indicam também que as ações promocionais dos retalhistas ou dos produtores não estão a conseguir – em termos globais - aumentar nem a frequência de compra, nem a compra por ato, de forma a conseguir fazer crescer o mercado, em termos de volume total comprado.
O aumento no Consumo Privado (INE) que se verifica este ano é causado por outras componentes, que não as compras feitas pelas famílias no Grande Consumo, uma vez que os lares portugueses continuam a reduzir e a otimizar as compras FMCG, como demonstra a contínua queda do volume comprado, pelo menos até Outubro último.
Dados a YTD P10 2014 / Consumo FMCG dos Lares de Portugal Continental.

Os Portugueses continuam com um controlo apertado sobre as suas compras em FMCG

Os Portugueses continuam com um controlo apertado sobre as suas compras em FMCG

Entre em contacto

Paulo Caldeira
Business Development Director

Ligue-se @ nós
Newsletter
Twitter
LinkedIn

Our website uses cookies to improve the user experience.
By continuing to use this site you agree to our use of cookies. [Cookies policy]