Kantar Worldpanel - www.kantarworldpanel.com

Usage: como encontrar novas oportunidades no "Uso"?

12/05/2014

Para poder crescer há que encontrar novas oportunidades. Um estudo exaustivo sobre os hábitos de uso dos produtos e do seu consumo permite descortinar a presença - ou a oportunidade de presença – das marcas no consumo dos Portugueses. Este novo estudo “Usage” permite não apenas aferir toda uma área de “usos e atitudes” como fazer a ligação direta do uso ao comportamento de compra, permitindo insights e recomendações novas que podem permitir aproveitar novas formas de crescimento.

Os primeiros resultados divulgados abordaram a forma como os Portugueses cozinham e os hábitos associados, bem como os momentos de consumo respetivos. Assim, sabemos que numa base semanal existem, em média, 42 momentos distintos de consumo alimentar, dos quais 19 são ocasiões de consumo em casa.

A investigação sobre o que as pessoas comem nesses momentos e as respetivas marcas usadas dão de imediato uma noção da presença e da oportunidade potencial de mais presença e mais consumo para as marcas de produtos alimentares. Deste modo, podemos agora conhecer a compra e a utilização. Por exemplo a análise sobre o pequeno-almoço caracteriza-nos os hábitos atuais dos portugueses nesta refeição, indicando claramente alguma oportunidades de desenvolvimento. Por outro lado, podemos auditar as fontes de consumo de uma marca. Por exemplo a marca MIMOSA, que foi considerada em 2012 a marca mais presente nos lares portugueses, com 87% de penetração, (1º lugar no indicador CRP - Consumer Reach Point) tem o seu negócio fundamentado sobretudo no momento do “Pequeno-almoço”. Na verdade, os resultados do estudo provam que a Mimosa tem uma penetração elevada (20%) nos lares, relativamente ao “Pequeno-Almoço”. Mas a sua penetração é de apenas 7,5% no momento do “Lanche da Tarde” ou mesmo só de 2% por ocasião do “Almoço”. Ofertas mais direcionadas para diferentes momentos de consumo podem claramente expandir o negócio de uma marca.

Estudo “Usage” permite aferir toda uma área de “usos e atitudes” como fazer a ligação direta do uso ao comportamento de compra

Estudo “Usage” permite aferir toda uma área de “usos e atitudes” como fazer a ligação direta do uso ao comportamento de compra

Entre em contacto

Paulo Caldeira
Business Development Director

Ligue-se @ nós
Newsletter
Twitter
LinkedIn

Our website uses cookies to improve the user experience.
By continuing to use this site you agree to our use of cookies. [Cookies policy]